a_voz_do_arqueiro__1437045107516221sk1437045107bA Voz do Arqueiro
Signos do Amor #1
Autora: Mia Sheridan
Ano: 2015 / Páginas: 336
Idioma: Português
Editora: Arqueiro

Sinopse: Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar. Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.

Resenha: Eu tava ansiosa para ler esse lançamento, porque já tinha lido o livro Stinger da mesma autora e GOSTEI MUITO. Aí, fiquei animada com essa porque todos tavam falando que é a série pela qual ela é mais conhecida, meio que a “obra prima” dela e tal.

OK, já podemos falar no quanto cliché é aquele lance de ela querer fugir da vida dela na capital e ir para o interior? Podemos! Eu perdoei, afinal pode ser que ela traga alguma novidade, alguma coisa interessante. Mas não devia! Porque daí é um cliché atrás do outro, sabe aquela história de destino? SIM, temos destino e feitos um para o outro neste livro!

Tirando essa premissa e essa intenção do livro de ser um romance sobre destino, o roteiro do livro é meio falho. Tem umas coisas na história que evoluem a nada, alguns personagens que são só instrumentos para ela conseguir alguma coisa, seja bens MATERIAIS mesmo ou informações. Quer dizer, a única saída que a autora conseguiu pensar para ela conseguir as coisas foi criando personagens inteiros com essa finalidade… Achei pobre e pouco criativo.

Tiveram coisas que não evoluíram a nada e outras coisas que demoraram muito para evoluir! A história do Archer demorou muito para entendermos tudo e isso foi desnecessário. E Archer deveria ter tido mais capítulos, porque ele não fala, para que ele ficasse mais interessante e mais próximo do leitor, deveríamos ter mais tempo na cabeça dele e em seus pensamentos.

O livro tem uma narrativa pobre, não sei se foi problema na tradução ou se as palavras da autora realmente eram muito simples e até engraçados, por isso, uma parte que fala que o Archer estava “andando de gatinhas”… Francamente, né, não tenho 7 anos de idade! E nem é esse o público alvo do livro.

Os personagens são meh. Como já disse, tem uns personagens que a gente sabe que só está lá para ajudar a personagem principal a conseguir o que ela precisa e quando ela precisa, por exemplo, tem umas meninas que era só para ela ir à festa, outra só para ela ter contato com a cidade, outra só para ela conseguir emprego, conseguir bicicleta, conseguir sei lá, uma xícara de açúcar… Cansativo! Personagens muito vazios.

Eu diria que os únicos personagens com profundidade são o Archer e a Bree mesmo. Só que a Bree vai de uma pessoa que sofreu muito na vida e que está tentando superar alguns traumas fugindo para uma vida mais calma no campo para uma personagem chata, escandalosa e chorona o tempo todo. Lógico que ela sofreu e tem motivos para chorar, mas ela chora até quando o Archer ganha um celular, cara. UM CELULAR! Não dá para sentir muita empatia por essa personagem.

O Archer é um personagem incrível, esse livro é dele, só faltaram mais capítulos na mente dele, mais cenas dele falando como se sente e como percebe tudo o que acontece. Principalmente, no final. Eu queria entender porque ele fez as escolhas que fez, porque simplesmente não pareceu uma escolha que o personagem a gente vinha acompanhando faria. Mas né, acho que a explicação é que ele fez por amor, não gosto dessa explicação, fica vazia. Parece que por amor ele pode anular toda sua história, tudo que ele é.

Mesmo assim, acho que ele é um personagem que evolui verdadeiramente, a gente vê ele passando por dúvidas e mudanças e sentimentos, mesmo poucas vezes em sua cabeça e memórias. Eu valido o Archer como um personagem profundo e ativo nessa história.

Eu recomendaria essa livro para quem não quer pensar muito e apenas para quem quer ler e se divertir. Se você acha divertido ler romances descompromissados, sem pretensão a serem diferentes e que ficam naquele universo comum de romances adultos.

1421404_756299351137153_424734720_n

Anúncios

2 comentários em “A Voz do Arqueiro – Mia Sheridan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s