Olá caçadorxs! Sou a nova resenhista de filmes e séries e cheguei com a minha primeira resenha! 😀

Jessica Campbell Jones Cage é uma super-heroína de um quadrinho publicado pela Marvel Comics. Criada pelo escritor Brian Michael Bendis e pelo artista Michael Gaydos, a personagem fez sua primeira aparição em Alias #1 em Novembro de 2001. A série foi criada por Melissa Rosenberg para a Netflix. Em Janeiro de 2016, foi anunciada a renovação da série para a segunda temporada.

Cansada da vida de super-heroína, Jessica (Krysten Ritter), abriu um escritório de investigações particulares, chamada Alias Investigation, onde passava boa parte do tempo investigando adultérios e desaparecimentos. Entretanto, fantasmas do passado voltaram a atormentar a mente de Jessica.

Assim como em outras produções, as personagens de Jessica Jones são mulheres fortes e independentes, criando seu próprio rumo. Os personagens foram apresentados com um propósito e não simplesmente deixados à deriva em meio ao desenrolar da série. Ao longo dos 13 episódios é possível ver o crescimento dos personagens e o desenvolvimento de uma trama envolvente e repleta de mistérios. A série também não é nem um pouco previsível, tendo reviravoltas até o fim. Por ser uma série, além de tudo, investigativa, não se prende ao padrão de um caso diferente à cada episódio.

Conforme avançamos nos episódios, vamos descobrindo os poderes e personalidades dos personagens por flashbacks e situações do passado. Não é uma série que entrega qual o objetivo de cada um logo de primeira. Precisamos evoluir junto com ela.

Falando em personagens, temos Killgrave (David Tennant), um vilão ameaçador e cativante que possui o poder de controlar mentes e fez tudo o que pode por uma obsessão. Luke Cage (Mike Colter), que lida com o passado e vê em Jessica uma nova chance de recomeço. Trish Walker (Rachael Taylor), uma apresentadora de rádio, que é a grande amiga de Jessica, embora não se falem a algum tempo.

Assim como Demolidor, ambas as séries tem seu ritmo sombrio, bem diferente do ambiente alegre apresentado nos filmes da Marvel. Mas ainda assim, tem o peso de uma grande produção, com cenas de luta excelentes, personagens carismáticos e vilões muito bem desenvolvidos.

Uma série maravilhosa, que faz com que você se envolva na trama e com os personagens. Vale muito a pena assistir. Vimos que o futuro da Marvel está em boas mãos. Ao fim da série, temos a abertura para uma segunda temporada que espero que fique à mesma altura da primeira.

assinatura

Anúncios

7 comentários em “Jessica Jones (1ª temporada)

  1. Que legal sua resenha!!
    Quando vi essa série anunciando na Netflix, fiquei morta de curiosidade. Porém não assisti porque simplesmente ODEIO ter que esperar novas temporadas.
    Mas já sei q tenho algo de bom pra assistir num futuro não tão distante.
    Bjos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s