tudo_e_todas_as_coisas_1445029945529136sk1445029945b

Tudo e Todas As Coisas
Autora: Nicola Yoon
Ano: 2016 / Páginas: 304
Idioma: Português
Editora: Novo Conceito

Sinopse: Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre.

Resenha: “Tudo E Todas as Coisas” é mais um livro sobre uma adolescente que está morrendo?

As expectativas para este livro estavam altas! Primeiro, que é de uma autora nova que logo explodiu após o lançamento deste livro, já lançou um segundo livro que até foi indicado ao National Book Awards! Segundo, que terá um filme estreado pelo Nick Robinson (Zumbi / Ben Parish de A 5ª Onda) e Amandla Stenberg (a Rue de Jogos Vorazes), já foi filmado e está em pós produção, com estreia prevista para 2017.

Tudo e todas essas coisas apontavam para um livro maravilhoso, cheio de drama e fortes emoções. Maddy é uma adolescente que vive com uma doença que faz com que seu sistema imunológico seja muito frágil e torne impossível com que saia de casa sem correr risco de morrer por uma bactéria qualquer. Um dia, conhece Olly, o novo vizinho que se mudou para a casa na frente da sua, eles viram amigos e descobrem juntos o que é viver de verdade.

A premissa do livro é OK. Novamente, parece a história da menina doente que aprende a viver com o menino saudável. Parece A Culpa É das Estrelas (John Green) e parece À Procura de Audrey (Sophie Kinsella), assim como vários outros livros que existem.

A narrativa do livro é lenta e achei pouco interessante. Na metade do livro, eu já não estava mais querendo terminar porque sentia que já sabia o que ia acontecer na história e eu acertei! Não gosto de estar certa, eu gosto de ser surpreendida pela história e infelizmente esse livro não surpreendeu em nenhum momento. Até o romance é previsível e os diálogos são bem iguais a tudo que já vimos antes e os dramas familiares também! Aliás, achei que o drama familiar teve pouco destaque, tanto a respeito da família de Olly quanto a de Maddy.

O fato da narrativa se centrar no ponto de vista da Maddy pode ter sido um fator que enfraqueceu o livro. Na maioria dos YA recentes, como os da Rainbow Rowell, da Jennifer Niven, e enfim vários outros, o ponto de vista é compartilhado entre os dois protagonistas. Esse ponto de vista compartilhado é o que dá profundidade aos dois núcleos dos personagens, é o que dá vida a muitos personagens coadjuvantes e o que torna tudo mais real.

Os personagens foram OK, também. Linda a história de vida da Maddy, como ela perdeu muitos membros da família dela de uma vez e tudo, mas isso não é explorado satisfatoriamente. É tudo apenas citado e serve como motivação para as coisas que a mãe dela faz, não sentimos uma carga emocional vinda dessa história.

Parece muito o primeiro livro de um autor mesmo, quando todos os personagens estão lá para servir de motivação ou de impulso para as ações dos protagonistas (Da mãe de Maddy até a enfermeira e a família do Olly).  E isso que tira a magia de ler um livro. A gente sente que é uma história e isso faz com que pareça menos real e menos possível de acontecer.

Então, sim, Tudo e Todas as Coisas é mais um livro sobre uma adolescente que está morrendo e conhece um garoto que vai ajudá-la a viver de verdade. O resto serviu apenas como plano de fundo para essa premissa manjada e pouco interessante.

Recomendo para fãs de A Culpa É das Estrelas (John Green), À Procura de Audrey (Sophie Kinsella) e Juntando os Pedaços (Jennifer Niven).

lidia-assinatura

Anúncios

6 comentários em “Tudo e Todas as Coisas – Nicola Yoon

  1. Poxa, estava com grandes expectativas sobre o livro, pelas cenas do filme, mas seu post me desencantou. Na altura do campeonato no mundo literário, eu esperava que os autores fossem capazes de largar as mesmices; como você odeio coisas previsíveis 😦 Com certeza está fora da minha lista de desejos.
    Também tenho um blog literário, acho que nossas opiniões devem combinar! (https://gentefazendolivro.wordpress.com/)
    Beijocas!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Me decepcionei muito com esse livro. Estava na expectativa desde que vi as pessoas comentando nos EUA.
      Acho que como foi o primeiro livro da autora, ela não quis arriscar muito e deu certo, o livro vendeu muito lá fora e foi bem rápido para conseguir uma proposta de adaptação para o cinema. Até a temática parecida com ACEDE deve ter contribuído para isso.
      Mas acho que no final isso também deu oportunidade para ela realmente inovar, que foi o que aconteceu em O Sol Também É Uma Estrela ❤
      Às vezes autores bons tem que lançar uns livros médios tbm rs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s