A Rainha de Tearling
A Rainha de Tearling #1
Autora: Erika Johansen
Ano: 2017 / Páginas: 352
Idioma: Português
Editora: Suma de Letras

Sinopse: Quando a rainha Elyssa morre, a princesa Kelsea é levada para um esconderijo, onde é criada em uma cabana isolada, longe das confusões políticas e da história infeliz de Tearling, o reino que está destinada a governar. Dezenove anos depois, os membros remanescentes da Guarda da Rainha aparecem para levar a princesa de volta ao trono – mas o que Kelsea descobre ao chegar é que a fortaleza real está cercada de inimigos e nobres corruptos que adorariam vê-la morta. Mesmo sendo a rainha de direito e estando de posse da safira Tear – uma joia de imenso poder –, Kelsea nunca se sentiu mais insegura e despreparada para governar. Em seu desespero para conseguir justiça para um povo oprimido há décadas, ela desperta a fúria da Rainha Vermelha, uma poderosa feiticeira que comanda o reino vizinho, Mortmesne. Mas Kelsea é determinada e se torna cada dia mais experiente em navegar as políticas perigosas da corte. Sua jornada para salvar o reino e se tornar a rainha que deseja ser está apenas começando. Muitos mistérios, intrigas e batalhas virão antes que seu governo se torne uma lenda… ou uma tragédia.

Resenha: A fantasia medieval mais feminista que você lerá este ano! ❤

O livro tem uma abordagem bem interessante sobre uma jovem adulta assumindo todo um reinado. Kelsea foi ensinada desde a infância a como se comportar na realeza e toda a história de seu reino Tearling, exceto a parte sobre o reinado de sua mãe e do seu tio. Quando completa 19 anos, a princesa é buscada em seu esconderijo, onde foi criada pelos seus tutores, pela Guarda Real da Rainha, que foi encarregada com a missão de levar a princesa a salvo para assumir o trono que é seu por direito.

Kelsea se difere da maioria das histórias sobre jovens assumindo tronos porque diferente do que geralmente vemos, em seu refúgio, a protagonista não aprendeu somente sobre etiqueta, boas modos e linhagens reais. Ela aprendeu a sobreviver, a caçar, aprendeu história, política, direitos humanos e valores. Quando chega em Tearling e descobre as condições em que as pessoas da cidade vivem, ela não é a típica princesa ingênua que não sabe o que fazer. Ela tem ideais fortes do que espera para seu Reino se torne, mesmo sem saber ainda no que fazer para chegar em seus objetivos.

Esse primeiro livro é uma introdução à personagem e ao seu forte caráter. Também dá um destaque enorme para personagens coadjuvantes, como os Guardas da Rainha, a Rainha Vermelha de Mortmesne, e até Fetch, o ladrão mais famoso da cidade.

O elemento fantástico do livro chega em um momento tão oportuno e inesperado, que sentimos que até o misterioso colar de pedras preciosas da Rainha, parece um personagem interessante em dado momento do livro.

Ao todo, é um livro cheio de política, personagens extremamente complexos e bem aprofundados, com um plano de fundo misterioso e fantástico.

Recomendo para fãs de Trono de Vidro (Sarah J. Maas), A Herdeira (Tatiane Durães) e Sombra e Ossos (Leigh Bardugo).

Trilha Sonora Recomendada: Castle (Halsey)

Anúncios

3 comentários em “A Rainha de Tearling – Erika Johansen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s