Caro vizinho gostoso,

Entendo que para um homem como você, muito requisitado pelo sexo feminino, seja difícil ficar mais que uma semana sem foder. Imagine 15 dias de quarentena — ou mais. No entanto, gostaria de pedir para que não seja um filho da puta egoísta e pense na sua vizinha fodida que é grupo de risco, está sem transar à dias e ainda tem que lidar com os “barulhos de amor” de você e das suas amiguinhas.

Bom saber que você goza de boa saúde — e não só disso —, mas eu não.

Se essa doença chegar em mim, eu vou estar fodida e a culpa vai ser sua.

Atenciosamente, por não ter outra escolha,

Dawn (também conhecida como sua vizinha indignada e não-fodida

Shawn e Dawn são vizinhos de porta que nunca trocaram mais do que cumprimentos educados e pequenos favores cotidianos, mas toda essa dinâmica é abalada por um acontecimento surpreendente, tão surpreendente quanto uma pandemia potencialmente perigosa que surgiu do nada: um bilhete enfurecido com o movimento do apartamento ao lado.

Uma comédia despretenciosa, escrachada, com romance e drama na medida certa!

Disponível em Kindle Unlimited e Ebook!

Divulgação Caro Vizinho Gostoso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s